Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Apenas assim...
















O tempo corre devagar
E percorro trilhos perdidos no espaço
Que ficou entre o ir e ficar
Embrenho-me nas notas sonoras
De um Outono quente
Que cheira a mel e canela
Navego num sorriso perdido
Com destino certo
Reforço a esperança de futuro
Num choro de criança que nasce
E faz valer o seu direito de existir
Renovo, a cada raiar de madrugada
A minha fé no sentir
Que sente apenas e tão somente
Por ser...
Não sei porquê
Nem porque não
Apenas sim
Talvez porque neste labirinto
Em que vivemos
Tudo o que importa
É o pólen de Amor que se espraia
estou....: cansada... mas beeeemm!!
tags:

publicado por Á flor da pele às 22:16
link do post | deixa um reflexo de ti | ver reflexos (18) | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar

Assim sou eu...

Aceitem-me como eu sou ... tentarei fazer todos felizes ... Exijam mais do que posso dar... e afastar-me-ei ...

Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Sentimentos recentes

Meditando

Estilhaços...

O silêncio

Raio de sol

Edição do meu segundo liv...

Hoje... e depois amanhã

Fragmentos

Eram gardénias, Senhor...

O meu primeiro livro

Mariana

arquivos

Maio 2016

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Março 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Fragmentos

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds