Quinta-feira, 2 de Maio de 2013

Hoje... e depois amanhã

 

 

Hoje, a dor corrói o meu peito

As lágrimas lutam arduamente

Para saltarem dos meus olhos que ardem

Hoje

Deitada no chão frio encaro a Lua

Que me olha com desdém

Sentindo pena de mim

Hoje, vou deixá-la olhar-me assim

Amanhã...

Brilharei pela manhã

Com o Sol que me aquece a pele

Com a Luz que me alumia a alma

Ao anoitecer, então

Irei deitar-me no frio chão

Olhar a Lua com desdém

E ambas sorriremos

Pois saberemos

Que mais um dia passou

Uma batalha ganhei...

Mas hoje

Vou deixá-la olhar-me assim

Porque a dor me corrói o peito


publicado por Á flor da pele às 23:07
link do post | deixa um reflexo de ti | ver reflexos (2) | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar

Assim sou eu...

Aceitem-me como eu sou ... tentarei fazer todos felizes ... Exijam mais do que posso dar... e afastar-me-ei ...

Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Sentimentos recentes

Meditando

Estilhaços...

O silêncio

Raio de sol

Edição do meu segundo liv...

Hoje... e depois amanhã

Fragmentos

Eram gardénias, Senhor...

O meu primeiro livro

Mariana

arquivos

Maio 2016

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Março 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Fragmentos

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds