Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

...








Hoje, atento
Ao desenrolar do tempo
Que sem pena
Ou lamento
Me abalroa...
E eu deixo!
Hoje, cego perante a luz
Hoje, penso
Que talvez
Aquilo em que acredito
Não passe de um mito
E tudo a isso
Se reduz...
Hoje, pergunto
Porque raio tanto luto
Se por vezes, não sei porquê
Nem para quê
Hoje, sinto-me
Rodeada de cristais
De sublime beleza
Nos quais não me é permitido tocar
Sob pena
De um deles se cravar em mim
E me dilacerar...
Hoje, paro...
Amanhã...
Quem sabe...


tags:

publicado por Á flor da pele às 12:26
link do post | deixa um reflexo de ti | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar
15 comentários:
De Raio de Sol a 16 de Maio de 2007 às 14:34
Vive um dia de cada vez e não te preocupes muito com o que os outros penssam sobre ti ou sobre as tuas atitudes.
quem gosta de ti realmente, gosta de ti pelo que és e como és, tal como eu te Amo a ti


De Amaral a 16 de Maio de 2007 às 17:05
Porque raio lutamos, se da luta só se vislumbra poeira em cada amanhã há um hoje escondido!...
Porque a Vida tem Luz em cada margem! Nós, os que procuramos, passamos por Aquilo que buscamos avidamente, e não damos conta que nos cruzamos, a cada momento, com o Bem procurado.
Quantas vezes olhamos, tocamos, sentimos... e o que fica não passa dum simples arrepio...


De Noite a 16 de Maio de 2007 às 17:53
Nem sempre o túnel tem uma luz, e nem sempre essa tem de vir de um buraco escuro, na maior parte das vezes está simplesmente dentro de ti...


De carla a 16 de Maio de 2007 às 20:30
Amanhã... seguirás em frente...
Beijo, com essência de força!


De Alvaro Gonçalves a 17 de Maio de 2007 às 02:56
Oi meu anjo,

Amei!!!
Mais uma vez chego aqui a esta tua maravilhosa casa e me deparo com tuas emoções à flor da pele, da maneira que eu gosto em ti.
Obrigado.
Desejos de bom fim de semana e uma semana cheia de luz em teu caminhar.
Bjokas mil e xi - corações.


De vicio a 17 de Maio de 2007 às 13:49
perguntas porque raio lutas tanto... e que tal se te responderes que é por ti?


De A.S. a 17 de Maio de 2007 às 14:27
A vida por vezes parece-nos injusta a implacável. Por isso devemos viver a vida dia a dia, com a certeza de quanto somos frágeis perante a inevitabilidade...


Um BeijO...


De Nélia M. Pereira a 17 de Maio de 2007 às 14:37
Caro(a)s Bloggers,


A NEGRA TINTA EDITORIAL tem o grato prazer de lançar a obra “CÂMARA ESCURA (revelação), do poeta Joaquim Amândio Santos, com prefácio de António Lobo Xavier.

Sendo esta obra mais um trabalho nascido de um escritor cuja carreira foi lançada na blogosfera, a exemplo das edições previstas e possíveis no futuro próximo desta editora, será importante contarmos com a honra da presença de bloggers nas diversas acções de lançamento da obra.

Nesse sentido, solicitávamos indicação de morada ou preferência por receber o convite por mail para negratinta@gmail.com, bem como qual dos eventos escolhem para nos honrar com a sua presença.

Lançamento e Apresentações:

31 de Maio Funchal
8 de Junho Penafiel
14 de Junho FNAC Norteshopping, Porto
28 de Junho FNAC Chiado, Lisboa
5 de Julho FNAC Coimbra


Aproveitámos ainda para solicitar que qualquer manuscrito que entendam colocar à consideração desta editora para possível publicação, seja enviado por este mail, ao meu cuidado, estando previsto editarmos até 4 obras, nascidas na blogosfera, até Março de 2008.

Saudações Literárias,

Nélia Maria Pereira
Edições e Comunicação
NEGRA TINTA EDITORIAL





De defensor a 17 de Maio de 2007 às 15:24
Salve.
Sempre acreditei nos mitos...
Abraços, belo poema.


De Farinho a 17 de Maio de 2007 às 16:31
Não se deve de deixar de lutar nunca.

Beijocas


Comentar post

Assim sou eu...

Aceitem-me como eu sou ... tentarei fazer todos felizes ... Exijam mais do que posso dar... e afastar-me-ei ...

Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Sentimentos recentes

Meditando

Estilhaços...

O silêncio

Raio de sol

Edição do meu segundo liv...

Hoje... e depois amanhã

Fragmentos

Eram gardénias, Senhor...

O meu primeiro livro

Mariana

arquivos

Maio 2016

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Março 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Fragmentos

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds