Domingo, 20 de Maio de 2007

Irracional...sou eu















Calo em mim
Palavras nunca proferidas
Mas grito-as
No meu silêncio
Oculto sentimentos
Que jamais ousaria deixar eclodir
Por saber que me achariam louca
Mas, da loucura derivo eu
Pois só loucos
Me lançariam no mundo
Insanos  , pois!
Os que me permitiram crescer
Sem sequer  saber
Se sobreviveria eu
Num mundo frio e racional
Pois...Talvez não...!
Perdoem-me então os sábios
Os altivos icebergues
Os ditos racionais
E afastem-se...
Não vá o calor das minhas emoções
Sempre tão à flor da pele
Derreterem as vossas arestas de gelo
Com qualquer raio de amor ou paixão
Deixem-nos, pois
A nós os loucos irracionais
No nosso mundo, no nosso chão...
Não deixem nunca
Que algo tão ridículo, como o simples sentir
Abale as vossas estruturas
Sempre tão gélidas...
estou....: morta por dentro...
tags:

publicado por Á flor da pele às 13:41
link do post | deixa um reflexo de ti | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar
15 comentários:
De littledragonblue a 20 de Maio de 2007 às 17:43
Perante a grandeza do Universo todos nós somos irracionais, mas somos igualmente parte dele.
Um beijinho e votos de uma boa semana


De Anónimo a 20 de Maio de 2007 às 18:32
Se tiver de optar
prefiro seguir um louco
que um homem de razão

bjs


De Daniel Aladiah a 20 de Maio de 2007 às 20:46
Ai, por que está assim? Sei... sei... mas quem te diz que o mundo acabou? Não, ele só ainda está à tua espera!
Um beijo
Daniel


De Ni a 20 de Maio de 2007 às 21:57
Directamente do meu coração, aquecido previamente com a tua presença no meu cantinho, vai um abraço forte e um beijo bastante doce que amacie esses arranhões que a vida, por vezes, nos faz...

Gostei muito de te ler!!

Fica com um beijo meu*


De Moura ao Luar a 21 de Maio de 2007 às 11:01
Quem não tem vontade de gritar, de deixar falar a loucura que todos temos dentro de nós? Na maioria das vezes o problema é calar


De Amaral a 21 de Maio de 2007 às 20:04
As emoções à flor da pele tendem a abalar o nosso sereno estado de espírito.
Normalmente, é assim! No nosso mundo, no nosso chão... muita coisa pode acontecer!...
Tal como te sentes, ao escrever tal poema... Um pouco triste... mas nunca morta por dentro!
Porque temos de ser positivos, não é?...


De A.S. a 23 de Maio de 2007 às 17:45
Sabes... revejo-me bastante neste teu poema!


Beijos!


De Marta Teixeira a 23 de Maio de 2007 às 21:09
Porque não amar simplesmente??
Pouco importa se é racional ou não....amar é essencial...
Sentir como se sente a brisa - despertar as emoções e voar....
Obrigada pela partilha...
E pela música que tem um pouco a ver com o meu post.
Beijos e abraços
Marta


De brisa de palavras a 23 de Maio de 2007 às 23:03
Afinal todos calamos palavras ou as dizemos bem baixinho....
às vezes é mesmo melhor calar o que queriamos
dizer
um abraço
brisa de palvras


De Farinho a 24 de Maio de 2007 às 12:36
há momentos da nossa vida em que nos sentimos assim, mas temos que ter forças e continuar...


Beijocas


Comentar post

Assim sou eu...

Aceitem-me como eu sou ... tentarei fazer todos felizes ... Exijam mais do que posso dar... e afastar-me-ei ...

Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Sentimentos recentes

Meditando

Estilhaços...

O silêncio

Raio de sol

Edição do meu segundo liv...

Hoje... e depois amanhã

Fragmentos

Eram gardénias, Senhor...

O meu primeiro livro

Mariana

arquivos

Maio 2016

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Março 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Fragmentos

links

pesquisar

 
SAPO Blogs

subscrever feeds