Sábado, 11 de Agosto de 2007

São anjos...




São anjos...
Dizem...
Cirandam ao meu redor
Lançam estrelas de magia
Soltam risos de cristal
Esvoaçam por entre brisas de afecto
Esbanjam doçura nos olhares
Vivem sôfregos de mim
São anjos ...
Dizem...
Espalham pétalas de alegria
Garantem pura alquimia
São anjos...
Dizem...
...
Mas quando por fim me convenço
A abrir os olhos e ver...
Descubro a verdade tão dura
De afinal nenhum anjo haver...!
São anjos...
Dizem...
...
Mas mentem...!
estou....: ainda a abrir a pestana...

publicado por Á flor da pele às 18:01
link do post | deixa um reflexo de ti | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar
12 comentários:
De efeneto a 11 de Agosto de 2007 às 18:46
“Um dia decidi ser rico…
Procurei ouro em mil rios do mundo
Mas …não resultou!
Plantei mil hectares de notas
E nada cresceu…
Esburaquei meio planeta à procura de petróleo…
E nada encontrei!!!
Quando estava prestes a desistir…
Lembrei-me que tinha já em minha posse
A maior riqueza do mundo!
A tua …
…AMIZADE!”

Bom fim-de-semana amigo(a)...


De Marta Teixeira a 11 de Agosto de 2007 às 20:56
Os anjos sentem-se, vivem no coração...
Estão nos nossos sonhos, são a nossa sombra......
Fazem-nos sorrir, acarinham-nos na brisa, no luar...
Como sempre, belo poema...
Beijos e abraços
Marta


De Um Momento a 12 de Agosto de 2007 às 12:45
Hum...
São Anjos...
Não mentem...
A tristeza é que nos invade...
E não nos deixa ver a sua beleza
A nossa dor é forte...
E só a ela a conseguimos sentir
São Anjos ...
Sorriem-nos
Os que mentem...Anjos não são:))
Um beijo terno
(*)


De Amaral a 12 de Agosto de 2007 às 12:52
Quando abres os olhos, regressas à realidade que não é o "teu mundo", e deixas de ver os teus anjos...
Mas que os "há"...


De Paula Raposo a 12 de Agosto de 2007 às 13:06
Adorei este poema, Rosa! Está lindíssimo. Muitos beijos.


De Daniel Aladiah a 12 de Agosto de 2007 às 19:09
Querida Rosa Maria
São anjos mesmo... se não acreditares, eles não se vão, mas tu é que não deixas que eles te ajudem...
Um beijo
Daniel


De mar_praia a 12 de Agosto de 2007 às 21:06
Hummmmm...

Que se passa minha rainha? Por mais lindas que possam ser as tuas palavras deixaste em mim uma preocupação!

Fico à tua espera!

Beijão super grande e abraço hiper apertadinho!


De Serenidade a 13 de Agosto de 2007 às 10:24
São anjos sim, são anjos que nos acompanham e que precisam do nosso consentimento para actuarem, e que tal se começassemos a conversar com eles? nos bons e maus momentos?

Muito bonito o poema. A dor é ilusão, embora pareça tão real aos olhos humanos, como os meus...

Serenos sorrisos


De Cöllyßry a 13 de Agosto de 2007 às 19:06
Ha sim minha querida, e o Teu vela por ti mesmo que não o sintas...fala com Ele e verás...

Meu doce beijo


De brisa de palavras a 14 de Agosto de 2007 às 22:23
Os anjos estão ao teu lado só não os vemos...mas eles anadam por aí...

um abraço
brisa de palavras


De efeneto a 17 de Agosto de 2007 às 11:00
Aproxime-se mais.
Tente sentir do que
Um abraço é capaz.

Quando bem apertado
Ele ampara tristezas,
Sustenta lágrimas,
Combate incertezas,
Põe a nostalgia de lado.
É até capaz de amenizar o medo.
Se for cheio de ternura
Ele guarda segredos
E jura cumplicidade.

Um abraço amigo de verdade
Divide alegrias e se
Apraz em comemorações.
Abraços
São pequenas orações de fé,
De força e de energia.

Olhe para o lado:
Há sempre alguém que
Quer ser abraçado e
Não tem coragem de dizer.
Enlace-o.
O pior que pode acontecer
É ganhar de volta um sorriso de carinho
Ou quem sabe, uma palavra sincera.
Você vai descobrir
Que ninguém está sozinho
E que a vida pode ser
Um eterno céu de primavera.

Um bom fim-de-semana
Na companhia de quem mais [o/a] abraça...


Comentar post

Assim sou eu...

Aceitem-me como eu sou ... tentarei fazer todos felizes ... Exijam mais do que posso dar... e afastar-me-ei ...

Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Sentimentos recentes

Meditando

Estilhaços...

O silêncio

Raio de sol

Edição do meu segundo liv...

Hoje... e depois amanhã

Fragmentos

Eram gardénias, Senhor...

O meu primeiro livro

Mariana

arquivos

Maio 2016

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Março 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Fragmentos

links

pesquisar

 
SAPO Blogs

subscrever feeds